Pão das Fadas Voadoras.

Este pão foi uma das minhas aventuras com os tesouros que guardo na geladeira e a curiosidade de aprender agindo! Fiz antes de sair pro trabalho, num domingo calmo de uma manhã muito agradável. Mas tinha pressa. E acho que se me coloco a trabalhar para obter as necessidades materiais, meu corpo merece a melhor fonte de nutrientes, o que não se encontra facilmente (não se encontra!) num domingo na região central de SP. Então, só me resta levar TUDO que vou comer, voando por aí…

Na verdade, intitulei este pão com a nomenclatura lúdica para incitar o seu consumo por crianças, e por quem se enquadra num estilo de vida que é a verdadeira liberdade: fazer o seu alimento. O pão das fadas é fonte de energia, num momento importante do dia que é, por exemplo, a manhã, ou antes de exercícios físicos, ou o lanche da escola. Fica parecendo o conhecido pão de queijo, mas sua constituição é de alimentos de origem vegetal. Também oferece a característica de ser sem glúten, ou seja, ainda mais leve pra quem quer ficar livre da proteína do trigo presente nos pães, de maneira geral.

Quer saber o que está comendo? Faça! – Disse a fada.

Prático, leve, rápido, delicioso e nutritivo.

Prático, leve, rápido, delicioso e nutritivo.

Neste preparo, domingo pela manhã, estava indo voar, com pressa, para dar um plantão extra e como sempre levo tudo que vou comer. Mas faltou um pãozinho, e não estava com vontade de levar a tapioca pq ela murcharia ao passar do tempo. Então juntei um monte de coisa que tinha em casa (sobras culinárias de outros alimentos) e fiz.

Demorou 20 minutos  desde o começo até eu tirar do forno e sair pro trabalho. Como é de muito rápido preparo, recomendo fazer a quantidade suficiente que for comer, pra não ficar ruim depois (murcho, duro) e acabar perdendo sua sutileza e leveza. As fadas agradecem.

Ingredientes:

-100g de goma para tapioca.

-50g de farinha de amaranto (somente bati o amaranto em grãos no liquidificador). Pode usar farinha de arroz, de feijão branco, etc).

-50g de sobra/resíduo de amêndoa do leite de amêndoas. (experimente fazer leite da terra!!!)

-Especiarias e temperos a gosto.

Neste usei ervas desidratadas (tomilho, orégano, salsa), açafrão da terra, pimenta Lemon pepper, mostarda em pó, Zatar.

-100g de inhame amassado com garfo.

Preparo:

Misture todo mundo, sove bem para homogeinezar, jogando aos poucos e por último a farinha.

Molde em bolinhas e coloque para assar em forno médio até “rachar” por cima (20 a 30 min).

A casquinha é um sinal de que está pronto. Tempo de forno de 20 a 30 min.

A casquinha é um sinal de que está pronto. Tempo de forno de 20 a 30 min.

Rende umas 15 bolinhas. Uma porção de 4 delas é recomendada para aporte de energia de alta digestibilidade e absorção no lanche pré-treino, escolar, café da manhã…

Dura umas 6h fora da geladeira, em vasilha seca e fechada.

Macio e saboroso, adquire o sabor das especiarias e ervas colocadas.

Macio e saboroso, adquire o sabor das especiarias e ervas colocadas.

 

A fécula de mandioca, que dá origem a tapioca ou beiju, é utilizada pelos indígenas como fonte energética para crianças, adultos, gestantes e animais. A mandioca é um alimento sagrado da terra. Veja sua tabela nutricional abaixo. Junto dos outros ingredientes, como o inhame e o resíduo de amêndoa se torna uma refeição nutritiva, energética e saudável, pois adicionamos fibras e outros nutrientes para a base original. Muita vida, isso sim faz a gente voar.

Fécula de mandioca:

Tabela de valor Nutricional – 100g

% VD*
Valor energético 330.9kcal = 1390kj 17%
Carboidratos 81,2g 27%
Proteínas 0,5g 1%
Fibra alimentar 0,7g 3%
Cálcio 11,9mg 1%
Fósforo 60,4mg 9%
Magnésio 3,0mg 1%
Lipídios 0,3g
Ferro 0,1mg 1%
Potássio 48,1mg
Tiamina B1 0,0mg 0%
Sódio 2,5mg 0%

* % Valores diários com base em uma dieta de 2.000 Kcal ou 8.400kj. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades.

TACO – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos.

 

Deixe uma resposta