Escarola e propriedades medicinais.

Este artigo veio direto da feira, após a compra de um maço gigante deste alimento. Pela sua aparência, e características botânicas, já se conclui (ao observar atentamente) suas propriedades. Sua origem é indiana, e já era muito conhecida na Antiguidade.

É uma hortaliça verde e folhuda, da família da alface, mas as suas folhas são mais escuras e o seu sabor mais amargo. Apesar de ser conhecida também como chicória de folhas lisas, a Associação Brasileira de Horticultura diz que a escarola e a chicória são semelhantes, mas há algumas diferenças. Pode ser consumida em saladas, sopas, refogados e como recheio de tortas, pizzas e esfihas.

Folhas de escarola.

Possui fortes conexões fibrosas em talos e região inferior, o que torna importante sua boa mastigação, além da cor escura, o que denota alto conteúdo de pigmentos vegetais, e ainda, uma campeã no conteúdo de cálcio. Seu cálcio é altamente  biodisponível  (quantidade que conseguimos absorver). O aquecimento / refogado não ocasiona destruição do cálcio. VIVA!!!

A escarola é o vegetal mais rico em prébioticos (inulina e oligofrutose) em sua constituição. Isso significa que este “matinho” é um dos alimentos mais potentes para nossas queridas bactérias intestinais. Elas se alimentam destas substâncias, promovendo com isso maior proteção (imunomodulação) contra doenças, um bom funcionamento intestinal, prevenção de doenças intestinais bem como recuperação das mesmas (doença diverticular, diarréia), síntese de vitaminas (sim, nossas bactérias sintetizam algumas vitaminas pra nós, como por exemplo vitamina K).

A fermentação das fibras produz substâncias benéficas. As bactérias da família Lactobacillus produzem ácido láctico, que reduz significativamente a população de bactérias prejudiciais. A fermentação que ocorre dentro do cólon nos ajuda a absorver sais minerais e alguns produtos da fermentação que podem ajudar a combater o câncer. Na verdade, cerca de 10% de nossa energia provém do processamento das fibras dentro do intestino.

Por todos estes benefícios, além de apresentar um baixo custo, e exibir um sabor característico que combina com diversos recheios e pratos, ofereço uma receita com aproveitamento de seus nutrientes junto a outro alimento de igual importância. Veja aqui.

 

Valor Nutricional

Calorias 23 kcal
Fibras 4 g
Cálcio 100 mg
Ferro 0,9 mg
Magnésio 30 mg
Potássio 420 mg
Sódio 45 mg
Vitamina C 24 mg
Ácido Fólico 110 mcg
Vitamina B12 0 mcg
Vitamina E 2,26 mg

Fonte bibliográfica:

http://www.alimentacaosemcarne.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=10%3Aescarola&catid=47&Itemid=140

http://www.docelimao.com.br/site/desintoxicante/simplesmente-saude/624-flora-intestinal-como-manter-forte-e-saudavel

http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/escarola/escarola-4.php

 

Deixe uma resposta